eBooks… eu leio, e você?

Livros eletrônicos estão entrando em moda em todo lugar. Eu comecei a lê-los regularmente ainda em um dispositivo Palm IIIc, há mais de sete anos atrás.

Eu gosto de ler Pocketbooks.  Livros de ficção que muitas vezes não chegam ao Brasil e que incorrem em uma longa demora e custo elevado para a entrega internacional.  Quando não havia alternativa, eu realizava algumas compras por ano na Amazon, encomendando alguns livros de cada vez para otimizar o custo frete, mas assim que começaram a estar disponíveis os livros em formato eletrônico, eu fiz a transição.
Tenho uma enorme quantidade de livros em minha casa e posso dizer que gosto muito de tê-los.  Gosto de poder ver suas capas, arrumá-los na ordem que mais me agrada na estante, etc.  Nada disso, contudo, se compara a quanto eu gosto de ler as estórias que estão gravadas em suas páginas.   Trocar os livros de papel pela tela do meu iPod é um pequeno preço para poder ler mais livros.  Com os livros eletrônicos não há frete, não há espera para a entrega e não há peso para carregar.
Esta semana adquiri dois livros novos, um eBook e um Audiobook.  Ambos estão no meu iPod e dependendo das oportunidades que se apresentam eu leio um pouco de um ou escuto um pouco do outro.  A facilidade de ter os livros sempre comigo e a redução de custo me permitem agora ler, ou ouvir, por volta de uns cinquenta livros novos por ano.
Nos Estados Unidos, 2009 foi um ano importante para este mercado com novas versões do Kindle, o aparelho para leitura (ou leitor) da Amazon, tendo sido introduzidas e a entrada da Barnes & Noble, maior cadeia de livrarias do país na competição.
A Barnes & Noble já havia adquirido a FictionWise que é uma das maiores lojas virtuais de livros eletrônicos e com o lançamento do Nook, seu próprio leitor de livros eletrônicos, se torna uma participante importante na disputa por este mercado.
Aqui no Brasil, estamos atrás neste movimento pois há poucos títulos disponíveis e é muito difícil e caro comprar um aparelho leitor.  Recentemente tomei conhecimento de uma empresa chamada Gato Sabido que está trazendo um aparelho leitor para o Brasil e montando uma loja on-line para vender os livros.
Esta é certamente uma iniciativa interessante, mas não tive oportunidade de ver o leitor que estão trazendo para ter uma idéia de como ele se compara ao Sony Reader, por exemplo, que é o leitor mais popular dentr os que não estão associados diretamente a uma gigante dos livros.
Atualmente eu utilizo um iPod Touch com os softwares eReader e Stanza.  Recomendo todos os dois.
Esta semana comecei a testar o Kindle for iPhone no iPod Touch mas os resultados não foram bons. Apareceram alguns caracteres estranhos toda vez que um apostrofe é utilizado no texto.  Vou experimentar com outro livro para ver se foi algum problema durante o download.
Em breve devemos ter ainda mais novidades neste mercado há muitos boatos sobre a intenção da Apple de lançar um novo dispositivo que poderia ser utilizado como leitor de livros, entre muitas outras funcionalidades.
E você?  Já leu um eBook?


2 Responses to “ “eBooks… eu leio, e você?”

  1. Daniel Polistchuck says:

    Você prefere ler eletronicamente? Acho algo como o "e-ink" do Kindle interessante… como bookworm igual a você estou curioso.

  2. Mauricio Longo says:

    Eu prefiro ler digitalmente pela facilidade e comodidade. Vou lhe dar um exemplo… Estou com um pocketbook em andamento há uns três meses. Ele mora na minha mesa de cabeceira e eu leio um pouco antes de dormir… as vezes…

    Neste meio tempo eu já li ou ouvi uns dez outros livros, no meu iPod. Por que? Porque ele está sempre comigo. Desta forma enquanto espero minha esposa num café eu leio um pouco, enquanto espero na fila do elevador ou do banco eu leio mais um pouco.

    Nunca mais fui fazer compras em um supermercado sem estar ouvindo um audiobook, desde que escutei o primeiro. Estas facilidades eletrônicas me permitem ler (ou ouvir, em alguns casos) muito mais.

Leave a Reply